• Engenheiro de inspeção avalia problemas da água em Anápolis Quarta-feira, 16/10/2019 às 11:19:36
    Weber Witt

    O Bate Rebate desta quarta-feira, 16, recebeu o engenheiro de segurança do trabalho e mestre em tecnologia industrial Carlos Cessel. O engenheiro falou sobre o problema enfrentado pelos anapolinos há anos: água.

    Segundo Carlos, empresas instaladas no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) estão paradas por falta d’água. “As que têm poço [artesiano] sobrevivem, mas e as que não têm? Algumas indústrias dependem 100% da água proveniente da Saneago. E a população?”, questionou, ao completar que os moradores da região sul, onde mora, estão há 15 dias sem água.

    Durante a entrevista, o engenheiro falou sobre a suposta remuneração do presidente da Saneago, Ricardo Soavinski. “Nós precisamos de pessoas inteligente. Salário de hoje do presidente da Saneago: R$ 63.448,00, fora as gratificações. Deveria ser um cara mega inteligente. Nós temos um presidente que não pensa em Anápolis”, declarou, ao afirmar, em outro momento da conversa, que falta gestão.

    Ouça a entrevista na íntegra aqui.

    Foto: Tati Bastos